Nota da CNBB a favor do Brasil P- Nº. 0579/15

 

“Os que querem enriquecer caem em muitas tentações e laços, em desejos insensatos e nocivos, que mergulham as pessoas na ruína e perdição. Na verdade, a raiz de todos os males é o amor ao dinheiro” (1Tm 6,9-10).

A população brasileira acompanha, apreensiva, a grave crise que atinge o país, procurando conhecer suas origens, resistir às suas consequências e, sobretudo, vislumbrar as soluções. A realidade é dura e traz de volta situações que, por algum tempo, haviam diminuído significativamente como o desemprego, a inflação e a pobreza.

Pagamos um alto preço pela falta de vontade política de fazer as reformas urgentes e necessárias, capazes de colocar o Brasil na rota do desenvolvimento com justiça social quais sejam as reformas política, tributária, agrária, urbana, previdenciária e do judiciário. O gasto com a dívida pública, o ajuste fiscal e outras medidas para retomada do crescimento colocam a saúde pública na UTI, comprometem a qualidade da educação, inviabilizam a segurança pública e inibem importantes conquistas sociais.

Continuar lendo

por Católicos na Rede Postado em CNBB

Catequese do Papa Francisco – 26/8/2015 -Oração da Família

Queridos irmãos e irmãs, bom dia!

Depois de ter refletido sobre como a família vive os tempos da festa e do trabalho, consideramos agora o tempo da oração. A queixa mais frequente dos cristãos diz respeito ao tempo: “Deveria rezar mais…; gostaria de fazê-lo, mas muitas vezes me falta o tempo”. Ouvimos isso continuamente. O arrependimento é sincero, certamente, porque o coração humano procura sempre a oração, mesmo sem sabê-lo; e se não a encontra não tem paz. Mas para que se encontre, é preciso cultivar no coração um amor “quente” por Deus, um amor afetivo.

Continuar lendo

por Católicos na Rede Postado em Papa

É permitido usar música gravada nas celebrações litúrgicas?

Padre Henry Vargas Holguin

Há apenas uma exceção: entenda os motivos
Sou pároco de uma comunidade na qual, como em muitos outros lugares, se sente a ausência de músicos católicos. Podemos usar CDs de música religiosa nas celebrações litúrgicas?

Os que estão na celebração litúrgica precisam participar de maneira plena, consciente e ativa do ato. Alguns participarão tocando instrumentos, outros cantando, outros servindo o altar, outros ao serviço da Palavra etc. Quando não há pessoas para tocar instrumentos musicais, os fiéis se limitarão a cantar, ou seja, se não há músicos, deve-se cantar sem instrumentos, só com as vozes dos próprios fiéis.

Continuar lendo

por Católicos na Rede Postado em Liturgia

Formação: Que é formação?

Dom Francisco Biasin
Bispo de Barra do Piraí/Volta Redonda (RJ)

É raro participar de alguma assembleia diocesana ou paroquial onde nestes últimos anos não apareça a exigência ou a prioridade da FORMAÇÃO. Trata-se de um clamor que brota do desejo de conhecer mais e de preparar pessoas e agentes para desempenhar melhor o seu papel dentro da comunidade e no confronto com a cultura contemporânea.

Mas, qual é o sentido esta palavra? Ele significa criar convicção, dar uma forma, modelar, adquirir uma personalidade, um estilo de vida que caracterize alguém.

Podemos-nos também perguntar: como acontece a formação?

Logo nos deparamos com dois modelos de formação:

Continuar lendo

Angelus com o Papa Franciscus – 23/8/2015

 

Queridos irmãos e irmãs, bom dia!

 

Hoje conclui-se a leitura do sexto capítulo do Evangelho de João, com o discurso sobre o “Pão da Vida”, pronunciado por Jesus no dia seguinte do milagre da multiplicação dos pães e dos peixes. No final do discurso, o grande entusiasmo do dia anterior se apagou, porque Jesus tinha dito ser o Pão que desceu do céu, e que ele iria dar a sua carne como alimento e seu sangue como bebida, aludindo claramente ao sacrifício da sua própria vida. Estas palavras provocaram decepção no povo, que as julgou indignas para um Messias, palavras não “vencedoras”. Assim, alguns observavam Jesus como um Messias que devia falar e agir de modo que a sua missão tivesse sucesso, de imediato. Mas precisamente sobre isso eles se enganavam: no modo de entender a missão do Messias! Até mesmo os discípulos não conseguem aceitar aquela linguagem inquietadora do Mestre. E a passagem de hoje refere-se a esse desconforto: ” Muitos dos seus discípulos, ouvindo-o, disseram: Isto é muito duro! Quem o pode admitir?”(Jo 6,60)”. Continuar lendo

por Católicos na Rede Postado em Papa

Catequese com o Papa Francisco – 19/8/2015

 

Queridos irmãos e irmãs, bom dia!

Depois de ter refletido sobre o valor da festa na vida da família, hoje nos concentramos sobre o elemento complementar, que é aquele do trabalho. Ambos fazem parte do desígnio criador de Deus, a festa e o trabalho.

O trabalho, diz-se comumente, é necessário para manter a família, para crescerem os filhos, para assegurar aos próprios entes queridos uma vida digna. De uma pessoa séria, honesta, a coisa mais bela que se pode dizer é: “É um trabalhador”, é justamente uma pessoa que trabalha, é uma pessoa que, na comunidade, não vive às custas dos outros. Há tantos argentinos hoje, eu vi, e direi como dizemos nós: “Não vivem com a barriga pra cima”.

Continuar lendo

por Católicos na Rede Postado em Papa

Quando uma astrofísica ateia se converte a Cristo: “Eu percebi que existe uma ordem no Universo”

Uma história turbulenta, que, entre estudos rígidos e sofrimentos profundos, chegou à plenitude em Jesus

Repercutiu em sites de todo o planeta, recentemente, o testemunho de Sarah Salviander, pesquisadora do Departamento de Astronomia da Universidade do Texas e professora de Astrofísica na Universidade Southwestern. A incrível história da sua conversão a Cristo começa com os seus estudos científicos e culmina com a morte da filha. Vale a pena investir cinco minutos em ler o depoimento dela.

Continuar lendo

por Católicos na Rede Postado em Artigos

A vida humana começa na concepção?

Dr. Renzo Puccetti*

O candidato republicano à presidência dos Estados Unidos, Marco Rubio, teve um debate bastante duro com o jornalista Chris Cuomo no programa da CNN “New Day”. Marco Rubio, categoria 1971, desde sempre com posições claramente pró-vida, é atualmente senador da Flórida. Chris Cuomo, um ano mais velho, é filho de Mario Cuomo, líder há décadas do Partido Democrático, e irmão de Andrew, atualmente governador do Estado de Nova Iorque. Os Cuomo envolvidos em política apoiaram a interrupção voluntária da gravidez.

No programa o debate entrou no tema do escândalo da Planned Parenthood (PP) (o Colosso dos abortos, acusado de lucrar na venda de órgãos e tecidos de bebês abortados) que está fortemente presente na mídia americana e que levou 13 Estados a questionar a PP e 3 Estados a decidir o corte dos financiamentos públicos para a organização. Quando Marco Rubio defendeu a dignidade do embrião dizendo “A ciência decidiu que é uma vida humana”, Cuomo rebateu: “Não a partir do momento da concepção! ”. “Claro que sim! O que mais pode ser? Não pode se transformar em um animal, não pode se tornar um burro, a única coisa que pode se tornar é um ser humano. É um ser humano, não pode ser outra coisa”, foi a réplica de Rubio.

Continuar lendo