Mensagem para a Jornada Mundial do Turismo

“Mil milhões de turistas, mil milhões de oportunidades”

1. Era 2012 quando a barreira simbólica de mil milhões de chegadas turísticas internacionais foi superada. E os números, agora, continuam a aumentar de tal modo que as previsões estimam que em 2030 se alcançará a nova meta de dois mil milhões. A estes dados devem acrescentar-se cifras ainda mais altas ligadas ao turismo local.

Para o Dia Mundial do Turismo queremos concentrar-nos sobre as oportunidades e os desafios lançados por estas estatísticas e por isto faremos nosso o tema que a Organização Mundial do Turismo propõe: “Mil milhões de turistas, mil milhões de oportunidades”.

Este crescimento lança um desafio a todos os setores envolvidos neste fenômeno global: turistas, empresas, governos e comunidades locais. E, certamente, também à Igreja. O mil milhões de turistas deve necessariamente ser considerado sobretudo no seu mil milhões de oportunidades.

Continuar lendo

por Católicos na Rede Postado em Artigos

Integra da Homilia do Santo Padre – Solenidade São Pedro e São Paulo, 2015

 

A leitura tirada dos Atos dos Apóstolos fala-nos da primeira comunidade cristã assediada pela perseguição. Uma comunidade duramente perseguida por Herodes, que «mandou matar à espada Tiago (…) e mandou também prender Pedro (…). Depois de o mandar prender, meteu-o na prisão» (12, 2-4).

Mas não quero deter-me nas atrozes, desumanas e inexplicáveis perseguições, infelizmente ainda hoje presentes em tantas partes do mundo, muitas vezes sob o olhar e o silêncio de todos. Prefiro hoje venerar a coragem dos Apóstolos e da primeira comunidade cristã; a coragem de levar por diante a obra de evangelização, sem medo da morte nem do martírio, no contexto social dum império pagão; venerar a sua vida cristã, que para nós, crentes de hoje, é um forte apelo à oração, à fé e ao testemunho.

Continuar lendo

por Católicos na Rede Postado em Papa

O Católico médio perdido entre o relativismo moral e a má fé.

Padre Luis Fernando Alves Ferreira – Diocese de Itumbiara

“Não resistiria aos embates do tempo uma fé católica reduzida a uma bagagem, a um elenco de algumas normas e de proibições, a práticas de devoção fragmentadas, a adesões seletivas e parciais das verdades da fé, a uma participação ocasional em alguns sacramentos, à repetição de princípios doutrinais, a moralismos brandos ou crispados que não convertem a vida dos batizados. Nossa maior ameaça “é o medíocre pragmatismo da vida cotidiana da Igreja, no qual, aparentemente, tudo procede com normalidade, mas na verdade a fé vai se desgastando e degenerando em mesquinhez”. A todos nos toca recomeçar a partir de Cristo, reconhecendo que “não se começa a ser cristão por uma decisão ética ou uma grande ideia, mas pelo encontro com um acontecimento, com uma Pessoa, que dá um novo horizonte à vida e, com isso, uma orientação decisiva”. (Documento de Aparecida, nº 12)

Continuar lendo

por Católicos na Rede Postado em Padres

Catequese do Papa Francisco sobre o luto na família

Queridos irmãos e irmãs, bom dia!

No percurso de catequeses sobre família, hoje tomamos inspiração diretamente do episódio narrado pelo evangelista Lucas, que escutamos há pouco (cfr Lc 7, 11-15). É uma cena muito comovente, que nos mostra a compaixão de Jesus por quem sofre – neste caso uma viúva que perdeu o único filho – e nos mostra também o poder de Jesus sobre a morte.

Continuar lendo

por Católicos na Rede Postado em Papa

As 13 figuras nos olhos de Nossa Senhora de Guadalupe

Esta incrível descoberta nos revela uma mensagem de Nossa Senhora: diante de Deus, todos são iguais

Desde o início do século XX, vários pesquisadores, fotógrafos e oftalmologistas afirmaram ter descoberto nos olhos da Virgem de Guadalupe o reflexo de figuras que parecem corresponder a silhuetas humanas.

Alfonso Marcue, fotógrafo oficial da antiga Basílica de Guadalupe, na Cidade do México, descobriu, em 1929, o que parecia uma imagem de um homem de barba refletido no olho direito da Virgem.

Em 1951, José Carlos Salinas Chavez descobriu na mesma imagem com uma lupa observando os olhos da Virgem de Guadalupe, o que também se refletiu no olho esquerdo, o mesmo local como seria projetada em um olho vivo.

Continuar lendo

A ação silenciosa do coração.

Cardeal Robert Sarah

Prefeito da Congregação para o Culto Divino e Disciplina dos Sacramentos

 

 É absolutamente apropriado que, durante o ato penitencial, o canto do Glória, as orações e Oração Eucarística, todos – o sacerdote e os fiéis –  voltem-se juntos à direção “ad orientem”, expressando a sua vontade de participar da obra de adoração e redenção realizada por Cristo”.

Cinquenta anos após a sua promulgação pelo Papa Paulo VI, a Constituição sobre a Sagrada Liturgia do Concílio Vaticano II será lida? “Sacrosanctum Concilium” não é, de fato, um simples “livro de receitas” da reforma, mas uma verdadeira “Carta Magna” de toda a ação litúrgica.

Continuar lendo

Angelus com o Papa Francisco – 14/6/2015

Queridos irmãos e irmãs, bom dia!

 

O evangelho de hoje tem duas parábolas muito curtas: o da semente que germina e cresce por si mesma, e a do grão de mostarda (cf. Mc 4,26-34). Através destas imagens do mundo rural, Jesus apresenta a eficácia da Palavra de Deus e as exigências do seu Reino, mostrando as razões da nossa esperança e nosso compromisso na história.

Continuar lendo

por Católicos na Rede Postado em Papa