Conhece a proposta da Igreja para a sua família?

Muitos acham que a Igreja é contra o preservativo e a pílula apenas e só porque é antiquada

 

Muitos acham que a Igreja é contra o preservativo e a pílula apenas e só porque é antiquada. E se lhe disséssemos que há razões fundamentadas para esta posição, e alternativas bem mais eficazes que o velho método do calendário? Se está a levantar a sobrancelha neste momento, balançou a cabeça ou engastou de espanto e incredulidade, continue a ler que vai valer a pena.

Continuar lendo

por Católicos na Rede Postado em Família

A Vida da Fé: Ela é Encontro com Deus

        Padre Inácio José do Vale, OSBM

 

          “O homem: olhando para o íntimo de nós mesmos, nos damos conta de que possuímos uma sede de infinito que nos impede a avançar sempre mais na direção de Deus, o único capaz de nos saciar. A vida da fé: ela é encontro com Deus que nos fala, intervém na história e nos transforma”, (Papa Bento XVI, Audiência Geral, 14/11/2012).

Continuar lendo

O casamento é um dom natural e sobrenatural de Deus

Theresa Notare*

A Sagrada Escritura revela que Deus criou o casamento natural para o bem de todos e que Cristo o redimiu e elevou a sacramento

A Sagrada Escritura revela que Deus criou o casamento para o bem do seu povo. O casamento, afinal, é uma bênção para todos, inclusive para os não casados, já que ele nutre os cônjuges, alimenta a família e constrói a sociedade. Estes pontos muito simples, mas de extrema importância, estão no coração da visão católica sobre o casamento. Eles são os ingredientes que nos permitem dizer que o casamento é uma vocação, um verdadeiro caminho de santidade na vida.

Continuar lendo

Nulidade matrimonial: é hora de desfazer mitos

Ao longo das últimas décadas, tanto o número de pedidos como as razões invocadas para a nulidade têm variado.

Os processos de nulidade matrimonial surgiram na Igreja com a necessidade de declarar nulos os Matrimônios que não cumpriam os requisitos de validade exigidos pela Igreja. Ao longo das últimas décadas, tanto o número de pedidos como as razões invocadas para a nulidade têm variado.

Dados de 2012 do Annuarium Statisticum Ecclesiae, editado anualmente pelo Vaticano, mostram que deram entrada nos tribunais eclesiásticos em Portugal 151 pedidos de nulidade matrimonial, aos quais se juntaram mais de 200 casos que transitaram do ano anterior. São números extremamente pequenos para a realidade dos casamentos em Portugal (16.683 em 2012), mas que não correspondem à realidade das separações. De facto, o número de divórcios civis é muito mais elevado, e é sabido que muitos dos divórcios são de casamentos católicos, apesar de essa ser uma estatística impossível de ser feita, já que a Igreja não reconhece os divórcios civis como válidos e as conservatórias do registo civil não distinguem os divórcios originários em casamentos civis ou religiosos.

Continuar lendo

por Católicos na Rede Postado em Família

Um olhar sobre o Evangelho de São Mateus

Orani João, Cardeal Tempesta, O.Cist.

Arcebispo Metropolitano de São Sebastião do Rio de Janeiro, RJ

 

Neste Mês da Bíblia, a Comissão Episcopal Pastoral para a Animação Bíblico-Catequética nos propõe o tema: “Discípulos Missionários a partir do Evangelho de Mateus”. E nos envia para realizar o lema: “Ide fazer discípulos e ensinai” (cfr. Mt 25, 19-20). Dessa forma, nossos grupos de reflexões, pequenas comunidades, círculos bíblicos e demais grupos são chamados a aprofundar o Evangelho de Mateus sob a ótica do “discípulo missionário” que faz discípulos e ensina.

Dos Sinóticos, Mateus foi o evangelho mais citado pelos primeiros escritores eclesiásticos e os pais da Igreja. Isto se deu ao fato de esse evangelho ser o que dedicou maior espaço aosensinamentos de Jesus. A tradição cristã considerou-o como o “Evangelho Eclesial”, isto é, aquele a partir do qual se elaborou a doutrina da Igreja, o novo povo de Deus, com o propósito de instruir o fiel acerca de Jesus Cristo.

Mateus é o evangelho mais valorizado em toda a tradição da Igreja e tem sido objeto de numerosos estudos e comentários. Orígenes, João Crisóstomo, Cirilo de Alexandria, Hilário de Poitiers, Jerônimo, Agostinho são alguns dos que dedicaram esforços no estudo de Mateus.

O texto proposto pelo evangelista é atrativo! A composição didática do evangelho impressiona. Há, de certa maneira, um quadro da cristologia das comunidades primitivas. Graças às pesquisas estruturais é possível identificar a estrutura mateana. Cinco grandes unidades discursivas de Jesus escalonam o evangelho:

Continuar lendo

O Cristão do Futuro

Pe. Inácio José do Vale-OSBM
“O cristão do futuro ou será um místico ou não será cristão”.

Karl Rahner (1904-1984) foi um teólogo católico alemão, um dos mais influentes no Concílio Vaticano II e do século XX como um todo, e em 1965 publicou o livro “O Cristão do Futuro”, uma série de reflexões que fez sobre o resultado do concílio e suas expectativas para a Igreja e para os cristãos do futuro. Uma de suas frases mais conhecidas é aquela que diz que “o cristão do futuro, ou será místico ou não será cristão”.

Continuar lendo

Sínodo da Família

Orani João, Cardeal Tempesta, O.Cist.
Arcebispo Metropolitano de São Sebastião do Rio de Janeiro, RJ
“A família é um elemento essencial para todo e qualquer progresso humano e social sustentável”! Este é o intuito do Papa Francisco ao divulgar o texto preparatório – o chamado “Instrumento de trabalho” – do Sínodo Extraordinário de outubro próximo, que terá como tema “Os desafios pastorais da família, no contexto da evangelização”.

O documento contém e sintetiza as respostas ao questionário sobre os temas do matrimônio e da família, contido no documento preparatório ao Sínodo, publicado em novembro de 2013. A primeira parte – “Comunicar o Evangelho da família hoje” – reitera antes de tudo o “dado bíblico” da família, baseada no matrimônio entre homem e mulher, criados à imagem e semelhança de Deus e colaboradores do Senhor no acolhimento e transmissão da vida.

Continuar lendo

Padre Francês revoluciona a forma de converter os fiéis e trazer os católicos à Igreja novamente

É o que está a fazer depois de ter transformado uma igreja a ponto de fechar e de ser demolida na paróquia com mais vida de Marselha. O mérito é ainda maior dado que o templo está no bairro com uma enorme presença de muçulmanos numa cidade em que menos de 1% da população é católica praticante.

Continuar lendo

por Católicos na Rede Postado em Artigos