Ateus já representam 19,4% da população de jovens brasileiros

Padre Inácio José do Vale

Pesquisa feita pela PUC do Rio Grande do Sul sobre a geração Y (pessoas solteiras na faixa de 18 a 34 anos) revela no item religião que os ateus são o segundo maior grupo, representando 19,3% desse extrato da população, abaixo dos católicos, com 34,3%.
Em terceiro lugar estão os evangélicos (14,9%), seguidos pelos espíritas (14,9%), pelo com fé sem religião (6,7%) e agnósticos (6,2%).
Os jovens ateus estão concentrados no Sul e Sudeste.
Ateísmo, agnosticismo e fé sem religião representam juntos, 32,14% ou quase um terço do total do segmento. Continuar lendo

Anúncios

Cai número de cristãos na população dos Estados Unidos

Os cristãos brancos caíram de 80% da população há 40 anos para 43% em 2016. A pesquisa é do PRRI (Public Religion Research Institute).

No mesmo período, os nones (não afiliados a religiões, incluindo ateus e agnósticos) se tornaram maioria em 20 dos 50 Estados.

Em todo o país, eles representam 24% da população. Continuar lendo

A Crise Vocacional e o Abandono da Vida Consagrada

Frei Inácio José do Vale

A cultura do provisório tem influência também nas crises vocacionais. Essa foi uma das constatações evidenciadas durante o dia de estudo sobre o tema, realizado no Instituto de Espiritualidade da Pontifícia Universidade Antonianum de Roma. A esse propósito, o secretário da Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e as Sociedades de Vida Apostólica, Dom Frei José Rodríguez Carballo, ex-Ministro Geral da Ordem dos Frades Menores, que falou sobre as cifras e as motivações das crises vocacionais de religiosos, diz ele: “É verdade que os abandonos são preocupantes; assim como é verdade que não posso aceitar que tais abandonos sejam normais, porque depois de tantos anos de formação não é normal que um jovem frade ou uma jovem irmã diga: “Não quero mais isso. Deixo!”. Vemos que as cifras são significativas: estamos falando, mais ou menos, de três mil abandonos a cada ano. É o que chega à nossa Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e à Congregação para o Clero” (1).

Continuar lendo

Os Quatro Fins da Santa Missa

Padre Inácio José do Vale

Santo Inácio de Antioquia (†107), bispo e mártir, disse sobre a Eucaristia: “Esforçai-vos, portanto, por vos reunir mais frequentemente, para celebrar a eucaristia de Deus e o seu louvor. Pois quando realizais frequentes reuniões, são aniquiladas as forças de Satanás e se desfaz seu malefício por vossa união na fé. Nada há melhor do que a paz, pela qual cessa a guerra das potências celestes e terrestres.” (Carta aos Efésios).

Continuar lendo

Seitas e a desconstrução da fé

Padre Luis Santamaría del Rio, padre católico espanhol, membro fundador de RIES e especialista no tema seitas e Nova Era. É também consultor da Comissão Episcopal de Relações Interconfessionais da Conferência Episcopal Espanhola, membro da Sociedade Espanhola de Ciências das Religiões (SECR), da Academia Americana de Religião (AAR) e da Sociedade Internacional para o Estudo das Novas Religiões (ISSNR)

Continuar lendo

A Palavra de Deus

“O ser humano vive de toda palavra que sai da boca de Deus”(Mt 4, 4).

O bom Deus deixou a sua santa Palavra na Bíblia Sagrada. A mensagem do amor de Deus contida nas Sagradas Escrituras é a expressão concreta de paz, de fortaleza, de caridade, vida abundante e de salvação eterna. A Bíblia é o único e o verdadeiro livro do amor de Deus. Jesus, a Cruz e a Bíblia são ações máximas do amor salvífico do Pai Eterno. Jesus é o amor consumado do Pai (Jo 19, 30). A Cruz é o amor da reconciliação do pecador para  com Deus (Ef 2, 16) e a Bíblia é a gloriosa Palavra de Deus que é amor (Mt 22,29; 2 Tm 3,16; 1 Jo 4,8). Continuar lendo

Ser humilde

Padre Inácio

O célebre Doutor da Igreja Santo Tomás de Aquino afirma: “A soberba, mais do que um pecado capital, é rainha e raiz de todos os pecados. A soberba geralmente é considerada como mãe de todos os vícios e, em dependência dela, se situam os sete vícios capitais, dentre os quais a vaidade é o que lhe é mais próximo: pois esta visa manifestar a excelência pretendida pela soberba e, portanto, todas as filhas da vaidade têm afinidade com a soberba”.

Continuar lendo

A existência de Deus

 

        “Os céus contam a glória de Deus, e o firmamento proclama a obra de suas mãos” (Sl 19,1.2).

A existência de Deus Todo-Poderoso criador de todas as coisas boas e maravilhosas é uma verdade tão clara e plausível à inteligência que a Sagrada Escritura denomina insensatos aqueles que dizem não existir Deus (Sl 14,1).

Continuar lendo