O Bebê e a água

Dom Fernando Rifan

Bispo administrador apostólico da Administração Apostólica Pessoal São João Maria Vianney.

 

Tem havido ultimamente insultos à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, que me atingem também, pois dela faço parte por ser Bispo católico, pela graça de Deus, em plena comunhão com a Santa Igreja. A CNBB é o conjunto dos Bispos do Brasil que, exercem conjuntamente certas funções pastorais em favor dos fiéis do seu território (CIC cân. 447).  Continuar lendo

Resgate de credibilidade

Dom Walmor Oliveira de Azevedo
Arcebispo metropolitano de Belo Horizonte

A crise de credibilidade que impacta diferentes instituições na sociedade contemporânea exige a participação de todos na busca por soluções – de igrejas a pequenos produtores, incluindo, obviamente, grandes empresários e os três poderes da República. A credibilidade é um importante bem em todas as instituições. A Igreja Católica, por exemplo, deve continuamente aprimorar seus serviços religiosos, sociais e educativos, primando pela credibilidade.

Continuar lendo

Os leigos e a consagração da Eucaristia

Cardeal Orani João Tempesta
Arcebispo da Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro

Tem voltado à tona alguns debates sobre a questão do sacerdócio ministerial. Falou-se sobre a possibilidade de haver a consagração do pão e do vinho por parte de leigos, especialmente onde faltam sacerdotes válida e licitamente ordenados. Aqui não estaria se tratando dos assim chamados “viri probati”, ou seja, a ordenação de homens casados, mas sim de cristãos leigos sem ordenação sacerdotal. Na última Assembleia da CNBB emitimos um documento muito importante sobre os cristãos leigos e sua missão na Igreja. A presença do laicato na Igreja e, como Igreja, no mundo tem uma grande área de atuação, mas o sacerdócio comum dos fiéis não se confunde com o sacerdócio ministerial.

Continuar lendo

Saudade do Natal de Jesus

Dom Henrique Soares da Costa
Bispo da Diocese de Palmares (PE),
10 de Dezembro de 2016

Que saudades do Natal cristão que não vem, que vai desaparecendo, ano após ano…

Que saudade de um mundo que acreditava, que era capaz de rejubilar-se, esperançoso, otimista, feliz – mesmo com todos os problemas – porque sabia com certeza certa da existência de um Deus de amor e bondade – Deus santo de Abraão, Isaac e Jacó – que na plenitude dos tempos, de modo admirável, surpreendente, terno, meigo, poético, de Maria Virgem enviou o Seu Filho amado a este mundo ferido e cansado. Continuar lendo

Cardeal Burke sobre Dubia acerca de Amoris Laetitia: ‘Tremenda divisão’ justifica ação.

“Há, na Tradição da Igreja, a prática da correção ao Sumo Pontífice. Se não houver resposta a essas questões, então, diria que seria o caso de realizar um ato formal de correção de um grave erro”.
Cardeal Burke sobre Dubia acerca de Amoris Laetitia: ‘Tremenda divisão’ justifica ação.

Edward Pentin

Em uma entrevista exclusiva ao Register, ele discorre sobre porque quatro cardeais foram impelidos a buscar clareza acerca dos elementos controversos da exortação papal.

Continuar lendo

A força do Silêncio

Dom Fernando Rifan

Bispo da Administração Apostólica Pessoal João Maria Vianney

Campos-RJ

             Sob este título acima, saiu o novo livro do Cardeal Robert Sarah, prefeito da Congregação para o Culto Divino, com o subtítulo “Contra a ditadura do barulho”. Limito-me a citar algumas pérolas colhidas em tão preciosa obra.

Continuar lendo

Cardeal Robert Sarah: “A reforma da reforma será feita; nisto está o futuro da Igreja”

“O que vou dizer agora, não entra em contradição com minha submissão e minha obediência à autoridade suprema da Igreja. Desejo servir profunda e humildemente a Deus, à Igreja e ao Santo Padre, com devoção, sinceridade e apego filial. Mas, aqui está a minha esperança: se Deus quiser, quando quiser e como quiser, na liturgia, a reforma da reforma será feita. Mas, apesar do ranger de dentes, a reforma será feita, pois nela se joga o futuro da Igreja”

Continuar lendo