Missionários do Sacramento do Matrimônio

Padre André Gustavo de Sousa
Coordenador de Pastoral
Arquidiocese de Aparecida

Muito se fala de casamento, família, vida conjugal, crises, separações, famílias fragmentadas… Mas pouco tem se falado do casamento enquanto sacramento. Isso mesmo! O Sacramento do Matrimônio!

Que consciência temos do valor sacramental do casamento?

Sacramento instituído por Cristo, sinal da aliança de Deus com a humanidade, imagem do “casamento” de Cristo com sua Igreja, lugar da comunhão, da felicidade e da salvação. Isso deve ser o casamento, assim deve viver o casal cristão e assim devemos formar nossos jovens que se preparam para tal sacramento, para que vivam a dignidade dessa benção com amor sempre verdadeiro e fundado no amor de Cristo.

O diferencial está justamente nisso: “casamento cristão”, onde a fé e a confiança em Deus são fundamentais para viver a unidade, a indissolubilidade e a fecundidade, efeitos dessa união.

O casal cristão é chamado a testemunhar no mundo os valores do Evangelho, ser sinal do amor de Cristo na vida das pessoas, sobretudo de casais que ainda não se conscientizaram da importância do sacramento.

O trabalho de evangelização das famílias deve transmitir às pessoas a importância da vivência do amor-doação, a felicidade e a graça de Deus manifestada na vida da família. É compromisso de cada casal cristão colaborar com a edificação da igreja doméstica no amor verdadeiro.

A vida conjugal em Cristo, o diálogo, a oração em casal, são espaços do testemunho do casamento cristão no mundo atual, marcado por valores que contrariam os projetos de Deus para seus filhos e filhas. O testemunho será serviço aos outros, a perseverança no amor, na Igreja, pouco a pouco irá contagiar tantos casais, jovens e adultos, para que encontrem no sacramento do matrimônio a fonte da vida e da salvação.

Cada casal cristão deve ir ao encontro das diversas realidades com o Evangelho nas mãos e no coração, comunicá-lo aos amigos, ajudar os casais em crise, formar os jovens para o sacramento do matrimônio, propor o ideal cristão de vida para cada família. Testemunhar que o casamento está a serviço do amor, da felicidade e da santidade. Viver o matrimônio como caminho de santidade. A missão não é só da Pastoral Familiar, mas de todos os casais cristãos. Sejam casais missionários para outros casais e para a sociedade!

O testemunho será sempre a maior referência, o modo de ser casal, ser marido, esposa, ser pai, ser mãe, ser família, ser fiel à Igreja, vencendo as ondas do egoísmo, do hedonismo, do materialismo, do consumismo, de relativismo, que devastam nosso mundo. O casal cristão deve edificar a “casa sobre a rocha”, para vencer essa onda de tempestades.

“O futuro da humanidade passa pela família! É, pois, indispensável e urgente que cada homem de boa vontade se empenhe em salvar e promover os valores e as exigências da família. Compete ainda aos cristãos a tarefa de anunciar com alegria e convicção a boa nova acerca da família, que tem necessidade absoluta de ouvir e de compreender sempre mais profundamente as palavras autênticas que lhe revelam a sua identidade, os seus recursos interiores, a importância da sua missão na cidade dos homens e na de Deus.” (João Paulo II)

O casal cristão participa da missão apostólica da Igreja no seu próprio lar, na comunidade eclesial e no mundo. Sejam missionários do sacramento do Matrimônio, missionários da família.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s