Ter fé que move montanhas

Padre Paulo Ramalho*

Como é a sua fé? É grande? Será que posso dizer que minha fé é como um grão de mostarda, como diz Cristo no Evangelho? Pois Jesus diz que, “se tiverdes fé como um grão de mostarda, direis a esta amoreira: arranca-te e transplanta-te no mar, e ela vos obedecerá” (Lc 17, 6). É muito significativo o episódio ocorrido com Simão Pedro naquela ocasião em que Jesus estava caminhando sobre as águas:

“Quando os discípulos o perceberam caminhando sobre as águas, ficaram com medo: ‘É um fantasma!’, disseram eles, soltando gritos de terror. Mas Jesus logo lhes disse: ‘Tranquilizai-vos, sou eu. Não tenhais medo!’. Pedro tomou a palavra e falou: ‘Senhor, se és tu, manda-me ir sobre as águas até junto de ti!’. Ele disse-lhe: ‘Vem!’. Pedro saiu da barca e caminhou sobre as águas ao encontro de Jesus. Mas, redobrando a violência do vento, teve medo e, começando a afundar, gritou: ‘Senhor, salva-me!’. No mesmo instante, Jesus estendeu-lhe a mão, segurou-o e lhe disse: ‘Homem de pouca fé, por que duvidaste?’ ” (Mt 14, 26-31).

Que impressionante é esse episódio! Vocês já viram alguém caminhar sobre as águas? Pois Simão Pedro começou a caminhar movido e sustentado pela fé. E, quando a fé vacilou, ao notar o vento se intensificar, começou a afundar. E o impressionante é o comentário de Jesus: “Homem de pouca fé, por que duvidaste?”. Vejam só: Simão Pedro já estava tendo uma fé gigante acreditando que poderia caminhar sobre as águas. E acreditar que, além disso, conseguiria continuar caminhando mesmo sendo submetido a fortes rajadas de vento requereria uma fé inabalável. No entanto, Jesus recrimina Simão Pedro por não ter essa fé inabalável e considera que aquela que ele demonstrou foi muito pequena e diz: “homem pouca fé”.

Será que Jesus pode dizer para mim muitas vezes: “Homem de pouca fé, por que duvidaste”? Temos de crescer em fé!!!

Deus já nos deu todos os motivos para acreditarmos nEle! Podemos dizer: basta esse episódio ocorrido na vida de Simão Pedro para que eu não duvide mais da fé. No entanto, há muitos outros episódios no Evangelho em que Jesus nos dá garantias de que podemos confiar totalmente, cegamente n’Ele. Que bonitas são, por exemplo, as palavras de Jesus quando nos fala que cuida das flores do campo, dos pássaros e que não lhes falta nada. E, se já cuida assim dessas realidades, quanto mais de nós:

“Olhai as aves do céu: não semeiam nem ceifam, nem recolhem nos celeiros, e vosso Pai celeste as alimenta. Não valeis vós muito mais que elas? (…) Considerai como crescem os lírios do campo: não trabalham nem fiam. Entretanto, eu vos digo que o próprio Salomão no auge de sua glória não se vestiu como um deles. Se Deus veste assim a erva dos campos, que hoje cresce e amanhã será lançada ao fogo, quanto mais a vós, homens de pouca fé?” (Mt 6, 26-30).

E, em seguida, diz: “Não vos aflijais, nem digais: Que comeremos? Que beberemos? Com que nos vestiremos? São os pagãos que se preocupam com tudo isso. Ora, vosso Pai celeste sabe que necessitais de tudo isso. Buscai em primeiro lugar o reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas vos serão dadas em acréscimo. Não vos preocupeis, pois, com o dia de amanhã: o dia de amanhã terá as suas preocupações próprias. A cada dia basta o seu cuidado” (Mt 6, 31-34).

Vamos, portanto, crescer em fé! Que, com a sua ajuda, tenhamos uma fé total, cega em Deus. Saibamos dizer muitas vezes ao dia como aquele personagem do Evangelho: “Senhor, creio, mas ajuda a minha incredulidade!” (Mc 9, 24).

*Pe. Paulo M. Ramalho – Sacerdote ordenado em 1993. Engenheiro
Civil formado pela Escola Politécnica da USP; doutor em Filosofia pela
Pontificia Università della Santa Croce; Capelão do IICS (Instituto
Internacional de Ciências Sociais). Atende direção espiritual na Igreja de São
Gabriel, em São Paulo.

About these ads
Por Católicos na Rede Postado em Artigos

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s